sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Theatro Municipal por dentro - Rio de Janeiro - RJ

Continuando a matéria sobre o Theatro Municipal do Rio (para ver a primeira parte clique aqui), desta vez fomos gastar sola em meio ao luxo e requinte dos salões do famoso teatro carioca.

O ambiente foi projetado para expressar suntuosidade, seja através das amplas escadarias e dos espaços abertos, seja pelo uso ostensivo de mármores das mais variadas procedências, ônix, espelhos e bronze.


Todo o interior é revestido em mármore.

A presença de diversas obras de arte que aludem à cultura greco-romana serve para imprimir um tom marcante de neoclassicismo ao lugar.


Estátua A Dança, de Verlet, de Paris.





Estátua A Poesia, de Verlet, de Paris.
Estas duas estátuas de bronze localizam-se no foyer do teatro e são obra do escultor francês Raoul Verlet, membro da Academia Francesa de Belas Artes. 

Estátua A Verdade, de Jean Antoine Injalbert, de Paris.
A escultura A Verdade é obra do francês Jean Antoine Injalbert, professor da Academia Francesa de Belas Artes. Esculpida em mármore de carrara, faz alusão ao Renascimento, remetendo ao ideal grego de beleza.
Luxo, requinte e opulência são as marcas do interior do Theatro Municipal.

Vitrais do Balcão Nobre, obra de Feuerstein e Fugel de Sturgart, representando as musas que protegem as artes.

Os vitrais que decoram as fachadas e a clarabóia do vestíbulo de entrada do teatro são de autoria dos mestres Feuerstein e Fugel, de Stuttgart, Alemanha, e fabricados pela Mayer e Co., de Munique. São ao todo 17 vitrais distribuídos nas fachadas das áreas nobres do teatro. Por ocasião das obras de restauro foi constatado que seu estado de conservação inspirava cuidado, devido na estrutura de fixação dos panos de vidro e ao desprendimento do rejuntamento de massa de vidraceiro. Algumas peças tiveram que ser refeitas devido a atos de vandalismo.



Espaço Assyrio.

O Espaço Assyrio tem este nome devido a sua decoração, que remete à civilização babilônica. O local é revestido em cerâmica esmaltada, reproduzindo elementos decorativos das culturas persa, babilônica e assyria. Embora tenham função estrutural, as colunas também foram incorporadas ao ambiente e decoradas com cabeças de touro. 

Veja a primeira parte deste posto em  Theatro Municipal - Rio de Janeiro - RJ.

Endereço:

Praça Floriano, S/N - Cinelândia - Centro, Rio de Janeiro - RJ

Fontes:


BNDES aprova apoio de R$ 11,2 milhões para a recuperação do Theatro Municipal. 14 jul. 2009. <Disponível em http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Sala_de_Imprensa/Noticias/2009/Cultura/20090714_Theatro_Municipal.html> Acessado em 19 dez. 2013.

Visita Virtual ao Theatro Municipal. <Disponível em http://www.theatromunicipal.rj.gov.br/tmrj_pt/visita_virtual_pt.html> Acessado em 19 dez. 2013.