sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Especial de Carnaval - Bota a camisinha, bota meu amor

Historicamente o Largo da Carioca sempre foi palco de manifestações dos mais variados tipos, via de regra demonstrando a irreverência do carioca na abordagem de temas os mais variados. Em tempos de carnaval, vale lembrar que já em 1917 Donga gravava, e fazia sucesso, o primeiro samba reconhecido como tal. E na primeira estrofe já se via a referência ao local:
"O Chefe da polícia
Pelo telefone
Mandou me avisar
Que na Carioca
Há uma roleta
Para se jogar..."

Por isto não foi com espanto que, gastando sola por lá, encontrei um ruidoso grupo de agentes de saúde em campanha pela prevenção da AIDS. Muito animados, tratavam o tema com bom humor e alegria, lembrando a todos a importância do uso do preservativo como forma de proteção.


Vale tudo para chamar a atenção sobre a importância do uso da camisinha.

Enquanto o bloco se organizava, uma dupla de humoristas fazia intervenções com o público. Alguns mais corajosos topavam a brincadeira e muitos faziam questão de uma foto para guardar de lembrança.


Apesar da desconfiança, muitos toparam brincar com os humoristas.

Mesmo quem passava apressado dava uma paradinha para acompanhar a performance da dupla. Se o objetivo era chamar a atenção, eles conseguiram.


Dupla chamou a atenção dos passantes no Largo da Carioca.


Apesar da forma divertida utilizada pelos agentes, sempre é bom lembrar que com AIDS não se brinca! Por isto, neste carnaval... bota a camisinha, bota meu amor!!