sábado, 22 de fevereiro de 2014

Plataformas - Baia de Guanabara - RJ

Nem só de belas paisagens é formada a Baia de Guanabara. Enquanto cruzávamos rumo à Niterói, da barca foi possível avistar a intensa atividade que logo cedo se instala nos navios, instalações e plataformas espalhadas em suas águas.

Baia da Guanabara, plataforma e Pão de Açucar.
Boa parte desta atividade é decorrente do setor petrolífero e do transporte de cargas. Os estaleiros localizados em Niterói são responsáveis pela montagem e manutenção de equipamentos marítmos de vários tipos e portes, tais como porta-contêineres, barcos de cruzeiro, petroleiros, plataformas, entre outros. Com o advento do pré-sal, os grandes eventos e a atratividade do porto do Rio, o número de embarcações que transitam pela região aumentou consideravelmente.

Serviços de manutenção movimentam a Baia.
O setor tem atraído investimentos de vulto e contribuído para o crescimento econômico da região, mas os riscos ecológicos decorrentes são bastante elevados. O ecossistema da Baia já se encontra afetado pelo contínuo despejo de esgotos in natura e a despoluição prometida, ao que tudo indica, está cada vez mais distante.

Técnicos sendo içados a bordo de plataforma.