segunda-feira, 28 de abril de 2014

Águas Calientes - Peru

Águas Calientes é uma pequena povoação situada aos pés das montanhas e serve como ponto de apoio para aqueles que vão visitar Machu Picchu. Como o deslocamento de Cuzco consome um tempo precioso, via de regra os turistas preferem passar a noite aqui e subir a Machu Picchu no dia seguinte para ver o nascer do sol e aproveitar melhor o tempo.

Não há muito o que fazer por aqui. Além dos restaurantes e do mercado de artesanato, tem os banhos termais - daí o nome da cidade: "águas quentes" em espanhol. Considerando que o objetivo de quem visita Águas Calientes é na verdade ir a Machu Picchu, o mais recomendável é não se exceder, dormir cedo e se preparar para o "grande dia". Sempre é bom lembrar que há muito o que ver em Machu Piccchu e que o terreno é cheio de altos e baixos, ou seja, é bom estar preparado para uma boa caminhada.


Vista da cidade a partir do Mercado de Artesanato.

Ponto de saída dos ônibus que seguem à Machu Picchu.

Um fato curioso é a estrada de ferro que passa, literalmente, dentro da cidade. Enquanto almoçava, passou uma composição muito rente ao restaurante, fazendo tremer os pratos e talheres. No início é um pouco perturbador, mas a gente acaba se acostumando. Enquanto me preparava para dormir, me perguntava se os trens passariam pela minha janela durante a noite. Felizmente não, pois a ferrovia encerra suas atividades no final da tarde.


A estrada de ferro passa rente aos restaurantes.

Veja os álbuns de fotos sobre a viagem ao Peru em Abaretiba, nossa página no Facebook:
Trilha Inca Curta  - rumo à Machu Picchu;
Águas Calientes - reabastecer para continuar a jornada;
Machu Picchu  - um dia na cidade sagrada dos Incas.


Leia também o relato do primeiro dia: Cuzco - Peru, o artigo Cuzco, a versão cotidiana de uma cidade turística - Peru, o relato do caminho até Machu Picchu em Trilha Inca Curta e da experiência de estar em Machu Picchu em Machu Picchu - Peru.