terça-feira, 19 de agosto de 2014

Retrospectiva Contagem Regressiva #17

Fazenda da Taquara - Barra do Piraí


A riqueza gerada pelo Ciclo do Café fez prosperar uma elite de fazendeiros interessados na cultura do grão como fonte de renda, mas também desejosos de usufruir dos benefícios que sua condição financeira proporcionava. Assim foram surgindo as Casas Grandes que tinham a dupla função de servir como moradia e sede administrativa do empreendimento.

A construção do prédio, seu interior, mobiliário, prataria, tudo enfim devia colaborar para engrandecer a figura do fazendeiro e dar mostras de seu poder. Com o declínio da cultura do café, muitas destas propriedades foram vendidas e o antigo fausto deu lugar a ruína e ao abandono.

Daí a importância da Fazenda da Taquara, que até hoje pertence aos descendentes do Comendador João Pereira da Silva, seu fundador. Embora permaneça ativa no agronegócio, também funciona como Casa Museu e está aberta à visitação, com um detalhe muito importante: há uma preocupação dos atuais proprietários em manter o prédio o mais fielmente possível ao período de ouro dos Barões do Café.


Fazenda da Taquara - quarto do casal.

Esta foto ilustrou o post Fazenda da Taquara, publicado em 5 de dezembro de 2013.

Como parte das comemorações do aniversário do GSMA estamos publicando fotos de momentos marcantes deste primeiro ano de caminhada.


Promoção Gastando Sola No Morro da Conceição



O GSMA está completando 1 ano de existência e vamos comemorar com uma caminhada no Morro da Conceição. Será no dia 14 de setembro e o blog está promovendo o sorteio de 30 participantes que irão desfrutar do passeio gratuitamente. Para participar, basta se inscrever clicando aqui! Só não esqueça de clicar no botão QUERO PARTICIPAR.