quarta-feira, 18 de março de 2015

No estribo : matando a saudade do bonde de Santa Teresa - Rio de Janeiro - RJ

Dia desses, revisitando o acervo de fotografias, encontrei duas breves filmagens realizadas em 2009 de uma visita ao Rio de Janeiro e que foram tomadas durante um passeio de bonde. Na ocasião, era apenas o registro de mais um turista que visitava o bairro de Santa Teresa pendurado no estribo do bondinho, mas hoje são um documento que retrata como era o sistema naquela época e uma forma de matar a saudade enquanto os novos equipamentos não entram em operação. As imagens foram editadas e legendadas para facilitar a visualização.

video
Gravação feita em abril de 2009 mostra a passagem do bonde sobre os Arcos da Lapa.

Passados mais de três anos do trágico acidente que encerrou a trajetória dos bondes - e apesar das inúmeras promessas feitas pelas autoridades - o transporte ainda não foi retomado. As novas composições já foram entregues e o trecho de trilhos entre a estação central na Rua Senador Dantas e o Curvelo está pronto. Entretanto, até o momento o sistema encontra-se em fase de testes e não há como fornecer uma previsão de normalização uma vez que todas as datas anunciadas não foram respeitadas.

Um dos novos bondes, na Estação da Senador Dantas.

Os bondes atuais mantém o estilo dos anteriores, mas são mais leves e modernos. Espera-se que também sejam mais seguros e que a manutenção seja permanente.

Composições aguardam fim dos testes para entrar em operação.

Enquanto o bonde não vem, o jeito é matar a saudade revendo as cenas de um tempo em que andar pendurado no estribo era só alegria e uma forma de economizar na passagem.


sábado, 14 de março de 2015

O Rio na crônica visual de Debret - um programa para toda família no Centro Cultural dos Correios - Rio de Janeiro - RJ

Exposição O Rio de Janeiro de Debret traz 120 obras do artista que retratam o dia a dia da cidade no início do século XIX


Sabe aquelas famosas aquarelas que a gente vê nos livros de história, ilustrando os capítulos sobre o Brasil colônia? Pois então, elas podem ser vistas ao vivo e a cores no Centro Cultural dos Correios até o dia 03 de maio de 2015.

A exposição integra os festejos de 450 anos de fundação da cidade do Rio de Janeiro e é uma excelente oportunidade para conhecer detalhes da vida cotidiana da época, retratados fielmente e com riqueza de detalhes pelo grande artista francês.

Pintor francês retratou o cotidiano carioca do século XIX.

Debret veio ao Brasil em 1816 a convide de D. João VI com o objetivo de fundar a Escola Nacional de Belas Artes. Entretanto, isto só viria a ocorrer 10 após a sua chegada! - o que acabou por motivar sua permanência aqui até 1831. Durante este tempo, utilizou seu talento para retratar os feitos políticos que marcaram a formação do Império Brasileiro, como a aclamação de D. Pedro I, e cenas corriqueiras que captava em suas andanças pela capital e arredores.

Organização do evento dispõe de lupas para uso dos visitantes.

Observador sagaz,soube retratar com maestria os costumes da gente simples, em especial os escravos, e sua relação com a elite local. Também retratou tipos populares, como vendedores de rua, soldados, desocupados, aguadeiros e tantos outros. Graças a ele, os pesquisadores podem ter acesso a um acervo que representa como vivia e se comportava a sociedade brasileira no início do século XIX.

Obras de Debret atraem um público expressivo.

A exposição está localizada no segundo andar do Centro Cultural dos Correios (para maiores detalhes, clique aqui) e inclui diversos painéis explicativos com informações sobre o momento histórico retratado, explicações sobre o conteúdo e importância das obras.

Painéis explicativos orientam os visitantes.

Centro Cultural dos Correios

Endereço: Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro, Rio de Janeiro - RJ
Horário: de terça a domingo, das 12h00 às 19h00
Entrada franca

Fonte

CORREIOS. Sobre o Centro. Disponível em http://www.correios.com.br/sobre-correios/educacao-e-cultura/centros-e-espacos-culturais-dos-correios/centro-cultural-rio-de-janeiro. Acessado em 14mar. 2015.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Estamos na rede : GSMA integra a RBBV


Desde 1º de março p.p. o Gastando Sola Mundo Afora passou a integrar oficialmente a Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem - RBBV, uma comunidade composta por mais de 300 blogueiros que se dedicam ao tema de viagens e turismo.

Além de funcionar como um diretório dos blogs de viagens, a RBBV atua fortemente no sentido de promover o aprimoramento da atividade. Entre seus objetivos está a discussão de aspectos técnicos e práticos da manutenção de um blog, bem como a construção de diretrizes que norteiem o comportamento dos blogueiros no que diz respeito a ética, originalidade e utilidade dos conteúdos publicados.

Para fazer frente aos desafios propostos pela era da conexão total é de suma importância estar em contato com outros profissionais que atuam no mesmo segmento para trocar ideias e trabalhar de forma colaborativa. Portanto, fazer parte desta rede é um passo importante na qualificação do blog e deverá agregar mais qualidade ao produto que oferecemos aos nossos leitores - que é o que realmente importa!

Para saber mais, visite o site da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem - RBBV (clique aqui).