quarta-feira, 22 de março de 2017

Tag Wanderlust - porque viver é a maior viagem!


Por que wanderlust?


O termo wanderlust é uma expressão de origem alemã e exprime um conceito intraduzível para o português, mas perfeitamente compreensível para os viajantes de plantão: é o desejo profundo de viajar, explorar, conhecer coisas e destinos novos, bem como uma saudade inexplicável de lugares que - ainda - não se conhece.

E o que acontece quando esse desejo transborda de tal maneira que a pessoa se sente compelida a compartilhar suas experiências com a humanidade? Surge um blog de viagem, é claro!

Dessa simbiose meio estranha surgiu uma brincadeira que consiste em convidar colegas blogueiros a responderem 10 perguntinhas sobre seus hábitos e costumes enquanto viajantes. Quem nos convidou foi a Júlia Sampaio do blog Fora da Toca, a quem agradecemos pela oportunidade de falar sobre esse assunto que está presente em todos os momentos de nossa vida.

Paulo e Renata curtindo um friozinho no Valle Nevado.

Como o Gastando Sola Mundo Afora é escrito à quatro mãos, nada mais justo que cada membro da equipe dê a sua versão dos fatos. Assim, sem mais delongas ...

Vamos às perguntas:


1) Quando e para onde ia o seu primeiro avião?

Paulo: Como meu pai era ferroviário, viajávamos muito de trem quando era criança. Talvez por isso minha primeira experiência com aviões tenha acontecido quando eu já era bem taludinho. Embarquei num voo da saudosa Varig rumo à Brasília para participar de um treinamento profissional. Isso lá pelos idos de 1994!

Renata: Minha primeira viagem de avião foi para turistar em Alagoas, provavelmente em 1995.

2) Para onde você já foi e gostaria de voltar?

Paulo: África, mais especificamente para o Kruger Park na África do Sul. Visitei o parque em 2006, pouco tempo depois que meu equipamento fotográfico havia sido roubado! Viajei com uma câmera tipo saboneteira e, sempre que olho para as fotos daquela viagem, juro para mim mesmo que vou voltar e fotografar aqueles animais todos novamente!!

Renata: Rio Grande do Sul, onde vivi por um bom tempo numa cidade chamada Lagoa Vermelha.

3) Você está viajando amanhã e dinheiro não é o problema. Para onde você vai?

Paulo: África! Kruger Park!! Preciso preencher essa lacuna do meu passado!!!

Renata: Nova Zelândia. Fiquei encantada com as locações da trilogia do Senhor dos Anéis.

4) Método preferido de viagem: avião, trem ou carro?

Paulo: Como se diz no meu Rio Grande, de a pé. Não é a toa que o nome do blog é Gastando Sola Mundo Afora. Avião, trem e automóvel são meios para se chegar até o destino. Para mim a viagem acontece mesmo quando começo a explorar cada canto do lugar em busca do melhor ângulo, da luz ideal, daquele enquadramento matador. E isso vale tanto para trilhas na natureza quanto para excursões urbanas.

Renata: Trem!

5) Site preferido de viagens?

Paulo: Companhias aéreas com promoções arrasadoras.

Renata: Aquele que me mostra lugares incomuns para turistas.

6) Para onde você viajaria só pra comer a comida local?

Paulo: Quem me conhece sabe que não tenho preconceito alimentar, apenas uma restrição devido a intolerância a lactose. Por isso, sempre que viajo experimento de tudo. Nunca pensei em viajar para experimentar um determinado prato, mas quando em viagem nunca deixo passar a oportunidade de fazê-lo.

Renata: Grécia, provavelmente porque o Paulo vive falando em comer azeitonas e beber vinho branco olhando para o Mar Egeu ...

7) Você sabe seu número de passaporte de cabeça?

Paulo: Não, mas tenho cópia para uma eventual necessidade.

Renata: Não.

8) Você prefere o assento do meio, corredor ou janela?

Paulo: Gosto da janela para ver a paisagem, principalmente quando viajo via terrestre. Por via aérea muitas vezes dou preferência ao corredor para poder esticar as pernas - que não são pequenas.

Renata: Meio, até porque o Paulo adora ir na janelinha.

9) Como você passa o tempo quando está no avião?

Paulo: Via de regra dormindo. Em voos muito longos gosto de assistir séries ou filmes no sistema de entretenimento de bordo (quando disponível). Tenho por hábito manter meus dispositivos eletrônicos desligados durante a viagem. Vai que é verdade que eles interferem com o funcionamento da aeronave ...

Renata: Aflita! E rezando.

10) Existe algum lugar para onde você nunca mais voltaria?

Paulo: Eu jamais voltarei para a pessoa que eu era antes de começar a viajar. Isso mudou a minha vida de tal forma que faço questão de manter do jeito que está. Quanto a lugares propriamente ditos, não tenho problemas em voltar, mas, se possível, em diferentes épocas do ano para fazer novas fotografias.

Renata: Não.


Espero que tenham gostado de nossa participação nesta brincadeira. E para não quebrar a corrente já convidei um trio que com certeza tem muita história pra contar. São elas Sylvia Yano do Sentidos do Viajar, Viviane do Vivi Trilhas, Lena Reis do Viajando No Blog e Ana Morize do Viagens Bacanas.