quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Rio ganha inventário online de monumentos - Rio de Janeiro - RJ

2017 começou com uma bela novidade para os gastadores de sola que curtem andar pela cidade do Rio de Janeiro apreciando suas praças e monumentos. Trata-se do Inventário dos Monumentos RJ, criado pela arquiteta Vera Dias e disponível online no endereço www.inventariodosmonumentosrj.com.br.

A partir de um extenso trabalho de pesquisa realizado ao longo de vários anos pela autora, o site apresenta uma relação atualizada e com informações detalhadas de cada peça, inclusive com a indicação das fontes utilizadas na coleta de dados.

Vera Dias é carioca, formada em arquitetura e com pós-graduação em Urbanismo. Atua na área de preservação do patrimônio cultural público como funcionária da Prefeitura do Rio desde 1992, quando assumiu como servidora na Fundação Parques e Jardins. Atualmente é Gerente de Monumentos e Chafarizes da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos.

Tela inicial do Inventário

Como funciona


A partir da aba Catálogo é possível filtrar a pesquisa por Categoria ou por Bairro, facilitando assim a localização do item desejado.

Cada item é acompanhado de descrição detalhada

O registro de cada peça inclui uma ou mais imagens e uma ficha técnica contendo sua denominação, data de inauguração, autoria, fundição ou atelier (se for o caso), tombamento e descrição detalhada, incluindo a localização num mapa interativo.

O sistema é bastante simples e fácil de usar, sendo uma ferramenta muito útil para professores, historiadores, guias e turistas interessados em conhecer um pouco mais da história da cidade. Agora é só planejar o roteiro e ficar por dentro dos segredos a serem revelados por cada monumento no caminho. Bom proveito!




sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Adeus 2016! Seja bem-vindo 2017!!

Faltando poucos dias para acabar e 2016 continua nos pregando sustos! Mas não importa, porque sobrevivemos a ele e continuaremos firmes e fortes no ano que se inicia.


Aproveitando o ciclo que se fecha e realizando um balanço dos últimos 12 meses chegamos a conclusão que para estes gastadores de sola o ano nem foi dos piores. Se não, vejamos:

- Como membros da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem - RBBV participamos da nossa primeira blogagem coletiva, cujo tema foi a MuseumWeek2016, com um post sobre o Museo Chileno de Arte Precolombino;

- Também pela rede marcamos presença no Encontro RBBV 2016, realizado de 25 a 27/nov. em Belo Horizonte. Estiveram reunidos mais de 150 blogueiros discutindo rumos, tendências, tecnologias e o futuro da atividade. Para saber mais, veja o post sobre o evento clicando aqui;

- Percorremos a Trilha Salkantay, no Peru, naquela que foi seguramente a nossa maior aventura do ano! Ficou curioso? Publicamos uma série de posts sobre a trilha, mas pode começar por este aqui: Trilha Salkantay : o caminho da aventura;

Gastando Sola em Salkantay

- Comemoramos três anos de estrada em grande estilo, com uma caminhada por Santa Teresa, o bairro mais charmoso da cidade do Rio de Janeiro. Fruto de uma parceria com a Mila Turismo, o evento foi um sucesso e trouxe outra novidade: os bolinhos da Fornosura!! Veja os detalhes no post Caminhando e Sambando em Santa Teresa - caminhada de 3 anos do blog;

- E por falar em parcerias, a Vivi Trilhas nos brindou com dois roteiros de tirar o fôlego (literalmente): a Pedra do Sino e o Costão do Itacoatiara;

- Também estivemos no Uruguai, onde gastamos sola em diversos lugares e vivemos histórias que precisam ser foram contadas. Isto sem falar que esta viajem rendeu muitas e belas fotos!!

- Claro que nem tudo foram flores. No retorno ao Brasil a LATAM nos aprontou uma que não está no mapa. Contamos parte do perrengue em uma Carta Aberta que, pelo elevado volume de acessos, reflete o pensamento de muitos clientes desta empresa.

O que temos para 2017


Felizmente o que não nos falta é vontade de viajar. Se dependesse apenas da vontade acho que nem voltaríamos tão cedo ao Brasil!!

Como os tempos andam bicudos e os recursos escassos, ainda estamos avaliando quais opções possuem melhor relação custo benefício.

Na pauta, por enquanto, a Chapada Diamantina, Travessia Petrópolis x Teresópolis, a Terra Média (Nova Zelândia), Torres Del Paine (no Chile) e África, mais precisamente a Namíbia e/ou África do Sul.

No mais, deixamos aqui os nossos melhores votos de um Ano Novo repleto de alegrias, saúde e sucesso a todos os nossos leitores, amigos e familiares.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Viajante Secreto 2016

Como de costume, um pouco antes do Natal, a turma da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem -  RBBV promove o Viajante Secreto, uma variante do tradicional Amigo Secreto - só que adaptado ao contexto dos participantes.

Além de divertida, esta brincadeira serve para estreitar os laços de amizade entre pessoas que estão fisicamente distantes, mas que tem em comum a paixão por viajar. Funciona da seguinte maneira: o participante se inscreve e é sorteado para saber quem será o seu Viajante Secreto, assim como ele será o Viajante Secreto de alguém. Sendo que este alguém pode estar em qualquer canto do mundo, literalmente.  A proposta é que cada um envie uma lembrancinha que represente o lugar onde vive, como um cartão postal do lugar ou alguma reminiscência de viagem.

Este ano fui sorteado para ser o Viajante Secreto da dupla Ubiratan e Leonardo Chaves, do blog O Reverso do Mundo. Ambos se dedicam a viajar por Pernambuco e arredores, buscando curiosidades, histórias, pessoas e até lendas urbanas, oferecendo a seus leitores uma abordagem que privilegia o viés histórico, cultural e ambiental. Inquietos, planejam estender seus roteiros para outras regiões do país num futuro próximo.

O cartão postal do Marco Zero de Recife e os cartões de visita que recebi

E mais a dedicatória super bacana. Valeu Leonardo!!

Um grande abraço ao Ubiratan e ao Leonardo, com os melhores votos que seus caminhos estejam sempre abertos em 2017!!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Feliz Natal!!

Feliz Natal a todos!!


Desejamos a todos os nossos leitores, amigos e colaboradores um Feliz Natal, repleto de bençãos e alegrias!!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Trilha do Costão de Itacoatiara - Niterói - RJ

Para encerrar o ano em grande estilo o Gastando Sola Mundo Afora topou o convite da Vivi Trilhas, nossa parceira de aventuras, para realizar a famosa trilha do Costão de Itacoatiara.

Vista a partir do cume do monte Itacoatiara

Para quem mora no Rio é um atrativo de fácil acesso, pois está localizado no município vizinho de Niterói. Tanto é que neste dia marcamos de nos encontrar na Estação das Barcas, na Praça XV. Feita a travessia, pegamos o ônibus 38 - Itaipu e em pouco mais de uma hora estávamos na portaria do Núcleo Itacoatiara do Parque Estadual da Serra da Tiririca prontos para dar início a subida. Se você for fazer este mesmo trajeto atenção: confirme com o motorista se ele passa pela praia de Itacoatiara, pois há dois percursos diferentes para a linha 38. Aliás, para quem gosta de mar, este é um programa dois em um: faça a trilha e pegue uma praia - ou vice-versa.

Parque Estadual da Serra da Tiririca - PESET


A trilha do Costão de Itacoatiara está dentro dos limites do PESET, o qual possui uma extensão total em torno de 3.493 hectares e é uma importante área de preservação ambiental.

Na verdade o PESET abrange partes dos municípios de Niterói e Maricá e é composto por uma parte marinha e outra terrestre, com uma cadeia de montanhas que adentra o continente. Inclui ainda três lotes adjacentes à serra e que fazem parte da área natural protegida do PESET: Morro das Andorinhas, Núcleo Restinga e Duna de Itaipu, situadas em Itaipu, na região oceânica de Niterói.

O Núcleo Itacoatiara é o responsável pela administração desta trilha e, segundo o agente que nos atendeu, o excessivo número de frequentadores tornou necessária a fixação de um limite de 200 visitantes por dia. A medida será implantada em breve e o critério de acesso será a ordem de chegada. Portanto, a partir de janeiro programa-se para chegar cedo para poder curtir o passeio!

Sobre a trilha


O percurso tem início logo após a casa da guarda, praticamente na entrada do parque. A parte mais baixa é percorrida numa área de mata, com um aclive pouco acentuado, mas bastante irregular. Tome cuidado com os desníveis para evitar de torcer um pé - ou dois!

A primeira parte é feita na sombra da mata

Veja estas e outras imagens no álbum Gastando Sola no Costão do Itacoatiara em nossa página do Facebook.

Esta etapa termina numa área plana, onde o caminho se divide e o visitante pode optar em seguir para o Morro do Costão ou a Enseada do Bananal. Neste dia o objetivo era o Costão e para lá nos dirigimos lépidos e fagueiros!!

O início da rocha determina o fim da cobertura oferecida pelas árvores. Por isso não esqueça de usar protetor solar o tempo todo. Chapéu e óculos escuros são recomendados, principalmente em dias de sol forte, como foi o caso.

Aguardando a vez para subir

Apesar de muito íngreme, a rampa de pedra pode ser vencida com relativa facilidade, seja escalaminhando com cuidado ou subindo de gatinhas (posso garantir que não é vergonha alguma, pois boa parte das pessoas utiliza esta opção). Nem deveria ser preciso dizer que calçados adequados são indispensáveis por questões de segurança. Solados rígidos e sandálias em geral não oferecem a aderência necessária para manter o equilíbrio e uma queda aqui pode ser muito perigosa.

Subindo o costão do jeito que deu
Crédito da foto: Vivi Trilhas

Este trecho tem uma extensão aproximada de 20m e é a parte mais divertida do caminho. A partir deste ponto a inclinação fica mais suave e é possível seguir caminhando normalmente, mas sempre tomando muito cuidado, é claro.

Falar sobre o nível de dificuldade de uma atividade como esta não é fácil, pois há vários elementos subjetivos que interferem na percepção do praticante, principalmente no que diz respeito a condicionamento físico e equipamento utilizado. Por isso, para padronizar as análises sobre trilhas, utilizamos a norma brasileira NBR 15505-2 - Turismo com atividades de caminhada - Parte 2: Classificação de percursos.

Ficha técnica
Extensão:em torno de 1 km
Saída:Entrada do Núcleo Itacoatiara do PESET
Altura máxima:aproximadamente 200m acima do nível do mar

Classificação do percurso
de acordo com a NBR 15505-2
Severidade do Meio:2 - Moderadamente severo
Orientação no Percurso:2 - Caminho ou sinalização que indica a continuidade
Condições do Terreno:4 - Percurso com obstáculos
Intensidade de Esforço Físico:3 - Esforço significativo

Análise da classificação
  • Severidade do meio: o trecho com cobertura vegetal é muito tranquilo e não oferece risco neste quesito. Entretanto, é preciso estar atento na parte  executada sobre a rocha. O ambiente é árido, sem fonte de captação de água e não oferece proteção ao sol ou a intempérie;
  • Orientação: o caminho é bem sinalizado e o risco de desorientação é mínimo. Mesmo assim evite se desviar da rota marcada para evitar acidentes;
  • Terreno: bastante irregular na primeira parte. No início do trecho sobre a rocha há uma inclinação de aproximadamente 70º, sendo necessário escalaminhar ou engatinhar;
  • Esforço físico: esteja preparado para uma subida íngreme até o cume. Faça paradas curtas sempre que necessário, mas não se demore demais no caminho.

Como referência, segue o tempo gasto em cada etapa de nossa caminhada:

Subida
Início:08:50
Parada:09:40
Cume:10:00
Retorno
Início:10:50
Parada:11:30
Portaria:11:50

Quem já fez esta trilha sabe que o trajeto pode ser feito num tempo bem menor. Por isso é bom esclarecer que neste dia fizemos a subida com muita calma e diversas pausas para fotos (haviam dois fotógrafos no grupo!!).

E por último uma dica muito importante: acrescente um par de luvas à sua mochila. Na volta, na parte mais íngreme, é aconselhável descer escorregando sentado, apoiando as mãos no chão. Com o sol a pino, a pedra fica muito quente e é difícil fazer isso devido ao calor.

Encerrando as atividades de 2016 em grande estilo
Crédito da foto: Vivi Trilhas

Veja estas e outras imagens no álbum Gastando Sola no Costão do Itacoatiara em nossa página do Facebook.

Fontes


INSTITUTO ESTADUAL DO AMBIENTE. Parque Estadual da Serra da Tiririca. Localizado em http://www.inea.rj.gov.br/Portal/Agendas/BIODIVERSIDADEEAREASPROTEGIDAS/UnidadesdeConservacao/INEA_008600#/Endere%C3%A7oemaisinforma%C3%A7%C3%B5es. Acessado em 22 dez. 2016.

sábado, 3 de dezembro de 2016

Pampulha Retrô Tour, uma volta pelo passado - Belo Horizonte - MG

Quem conhece a região da Pampulha em Belo Horizonte sabe que ela preserva muito do charme da época em que foi construída. Então imagine a surpresa de quem está admirando as linhas modernistas do antigo Cassino, atual Museu de Arte da Pampulha, e se depara com uma Jardineira Chevrolet 57 em estado de nova subindo a rampa em sua direção. E para completar, descem de sua porta, lépidas e fagueiras, três belas guias com seus vaporosos vestidos estilo Anos Dourados!

Jardineira de 1957 leva turistas a uma volta pelo passado

Motorista e guias caracterizados dão um toque de época ao passeio

É o Projeto Pampulha Retrô Tour em ação, uma iniciativa da BELOTUR com o apoio da Associação Cultural dos Amigos do Museu de Arte da Pampulha -AMAP e do Museu de Objetos e Veículos Antigos – MOVA.

Compre aqui o seu bilhete!
Os passeios ocorrem somente aos sábados, domingos e feriados e vão até 18 de dezembro deste ano. A passagem custa R$ 20,00 e dá direito a quatro desembarques em atrativos de livre escolha dos passageiros. As viagens são acompanhadas por um guia, responsável por contar a história e curiosidades sobre o local. Os bilhetes podem ser adquiridos no ponto de partida, que vem a ser a Igreja São Francisco de Assis, na Pampulha.

Veja estas e outras imagens no álbum Pampulha Retrô Tour em nossa página no Facebook.

Rota Regular


  • Igreja São Francisco de Assis > Casa JK (parada);
  • Casa JK > Museu Brasileiro do Futebol (parada);
  • Museu Brasileiro do Futebol > Iate (sem parada);
  • Iate > Casa do Baile (sem parada);
  • Casa do Baile > MAP (parada);
  • MAP > Casa do Baile (parada);
  • Casa do Baile > Iate (parada não obrigatória);
  • Iate > Igreja São Francisco de Assis (Ponto final).

Rota Fundação Zoobotânica (Somente nos horários das 9h e 14h)


  • Igreja São Francisco de Assis > Parque Ecológico (parada no Marco Zero);
  • Parque Ecológico > Zoológico (parada);
  • Zoológico > Casa JK (parada);
  • Casa JK > Museu Brasileiro do Futebol (parada);
  • Museu Brasileiro do Futebol > Iate (sem parada);
  • Iate > Casa do Baile (sem parada);
  • Casa do Baile > MAP (parada);
  • MAP > Casa do Baile (parada);
  • Casa do Baile > Iate (parada não obrigatória);
  • Iate > Igreja São Francisco de Assis (ponto final).

Operação


  • Dias: sábados, domingos e feriados (somente até o dia 18/12/2016);
  • Horários: 9h*, 10h, 11h, 12h, 14h*, 15h, 16h, 17h;
  • *Às 9h e às 14h, a Jardineira estenderá o passeio e passará pelo Parque Ecológico e Zoológico;
  • Ponto de vendas dos bilhetes: ao lado da Igreja São Francisco de Assis (em frente a praça, na Alameda);
  • Custo do bilhete: R$ 20,00.

Fonte


PREFEITURA Municipal de Belo Horizonte. BELOTUR. Belotur lança o Pampulha Retrô Tour. Disponível em http://www.belohorizonte.mg.gov.br/sala-de-imprensa/noticia/belotur-lanca-o-pampulha-retro-tour. Acessado em 03 dez. 2016.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

2º Encontro da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem - Belo Horizonte - MG

Num mundo cada vez mais virtualizado e em plena era da informação é comum que se estabeleçam laços com ilustres desconhecidos, acessíveis apenas através dos dispositivos eletrônicos que proliferam a nossa volta. Por isso é fundamental que de tempos em tempos as comunidades, mesmo as mais antenadas e descoladas, se reúnam ao vivo e a cores para trocar experiências, conversar, aprender e, principalmente, conhecer seus interlocutores virtuais.

Blogueiros se reuniram em Belo Horizonte


Carômetro, com os participantes do encontro
Fotos de Alessandra Fratus, do blog Tô Pensando em Viajar
Seguindo esta linha de raciocínio, aproximadamente 150 blogueiros, representando em torno de 100 diferentes blogs de viagens, se reuniram na capital mineira para confraternizar e discutir os rumos deste importante setor da área turística.

O encontro foi organizado pela Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem - RBBV e ocorreu no período de 25 a 27 de novembro.

Apoiar o desenvolvimento de seus afiliados é uma atividade constante da Rede, desenvolvida deste 2011 através de inúmeras iniciativas, tais como palestras, conferências, grupos de discussão e outros. Só que desta vez havia um motivo a mais para reunir o pessoal: comemorar os cinco anos de existência da entidade, completados no domingo, dia 27!

Programação alternou palestras técnicas com atividades culturais


1º dia, curtindo o Mercado Central


Na sexta-feira a tarde foi realizada uma visita técnica ao Mercado Central de Belo Horizonte, onde os blogueiros puderam conhecer um pouco da gastronomia, do artesanato e da hospitalidade mineira. Um dado curioso fornecido por Mariana, a guia que nos acompanhou nesta atividade: a cada dia são comercializados em torno de 300 toneladas de queijo. É muito queijo!

Doce de leite chamou a atenção dos blogueiros

Vai uma pimentinha ai? Hora de testar novos sabores ...

A noite foi oferecido um jantar de boas-vindas, patrocinado pelo EASYSIM4U, no tradicional restaurante Maria das Tranças, que se orgulha de servir o melhor frango ao molho pardo do Brasil. Diga-se de passagem que o pastel de angu também deixou saudades ...

2º dia, todos ao MAP - Museu de Arte da Pampulha


Museu de Arte da Pampulha

Já no sábado pela manhã foi realizada a abertura dos painéis técnicos com a palestra Tendências do mercado de turismo mundial e brasileiro, apresentada em conjunto por  Claudia Saleh e Keith Jenkins. Ela é uma das fundadoras da RBBV e editora do blog Aprendiz de Viajante. Keith Jenkins é CEO da Iambassador empresa totalmente voltada ao uso das mídias sociais e marketing de influência para promover destinos, produtos e serviços.

Na sequência dois temas extremamente relevantes para os que operam na blogosfera:
  • Influência e Marca – Como usar as mídias sociais para alavancar o seu blog, painel moderado por Luciana Misura (editora do blog Colagem), com os painelistas: Lillian Brandão, Lily Pestana e Claudia Saleh;
  • Monetização e Afiliados, painel moderado por Thiago Khoury (jornalista e blogueiro no Rodei), com os painelistas Julia Minhoto, Rafael Miranda e Ana Catarina.
O almoço foi um acontecimento a parte, com as carrocinhas (food truck é o cacete!) de pão de queijo recheado e espetinhos fornecendo  os ingredientes para o piquenique improvisado nos jardins do MAP.

Pausa para repor as energias

Logo após o almoço, uma visita inesperada da Jardineira do projeto Pampulha Retrô Tour veio animar a turma, revivendo um pouco do glamour dos anos dourados (clique aqui para ver o álbum completo).

O Pampulha Retrô Tour marcou presença no evento

A tarde outra visita técnica, desta vez para conhecer o Complexo Pampulha, recentemente declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, a Praça da Liberdade e o Mirante das Mangabeiras, num oferecimento conjunto da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte - BELOTUR e da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais - SETUR.

Fila para a foto do carômetro

Vista do Mirante das Mangabeiras

Praça da Liberdade

E para fechar o dia com chave de ouro, jantar no Albanos, que ninguém é de ferro. Foram servidos deliciosos petiscos e chope gelado para  incrementar os contatos entre os blogueiros. Muita parceria aconteceu nesta noite entre um brinde e outro.

Hora de relaxar e aproveitar para fazer novos contatos

3º dia, Quality Hotel Pampulha


Apesar dos domingos tradicionalmente serem dedicado ao descanso, neste dia a turma aproveitou para entrar fundo na parte técnica do programa:

  • De blogueiro a empreendedor de sucesso – Moderação: Claudia Saleh, painelistas: Luciana Misura, Leonardo Marques e Dri Lima; 
  • Projetos criativos e inspiradores para elevar seu blog ao cume – Antônio Jr e Gustavo Ziller;
  • Relacionamento da indústria de turismo com os blogueiros – Moderação: Thiago Khoury, painelistas: Alberto G. Martins, Garon Piceli e Flavia Perin;
  • Conteúdo & SEO – Rafael Sette Camara;
  • Turismo Sustentável/Responsável – Luiza Antunes , Cris Marques e Claudia Saleh;
  • Workshop de Fotografia e Vídeo – Helder Ribeiro, Mauricio Oliveira e Fabio Pastorello.

Depois do encerramento oficial teve início uma rodada de Mentoring,  técnica na qual um blogueiro experiente apadrinha um ou mais blogs iniciantes e utiliza sua experiência para alavancar o desenvolvimento de seus pupilos.

Obrigado pela força


É claro que um acontecimento deste porte não ocorre sem a colaboração de voluntários e patrocinadores. E neste quesito cabe destacar o desprendimento de diversos afiliados, que doaram seu tempo e energia para que tudo corresse bem e as empresas listadas abaixo, cujo participação foi essencial para o sucesso da empreitada:

Patrocinadores

  • ViajaNet: venda de passagens, hospedagem em hotéis e aluguel de carros a um click de distância;
  • EasySim4U: conexão garantida aonde quer que você vá;
  • Zarpo: a agência de viagens online mais seletiva do mercado;
  • Booking: encontre aqui as melhores ofertas de acomodações;

Transportadora aérea oficial

LATAM


Apoio


Veja quem mais escreveu sobre o evento: